Na Mídia

Oi, o que você está procurando?

Rondônia

Após denúncias de comida estragadas e com caramujos, Justiça de RO ordena que Estado e empresa ofereçam serviço adequado a detentos

apos-denuncias-de-comida-estragadas-e-com-caramujos,-justica-de-ro-ordena-que-estado-e-empresa-oferecam-servico-adequado-a-detentos

O pedido do MP-RO foi feito depois de denúncias sobre comida estragada, com forte odor e até contendo caramujos, servida aos detentos.

Segundo o Ministério Público de Rondônia (MPRO), as investigações apontam que, além da má qualidade, a quantidade fornecida não atende às necessidades nutricionais dos reeducandos e na quantidade suficiente.

O órgão ressalta que, ao serem submetidos a ingerirem alimentos fora dos padrões de consumo , os detentos podem desenvolver doenças. Além disso, o serviço de má qualidade fere

A decisão judicial determina que o Estado de Rondônia, além de reforçar a fiscalização sob a empresa responsável pelo fornecimento dos alimentos, exija que ela cumpra com todas as disposições que estão no contrato.

O g1 entrou em contato com o governo de Rondônia, mas não obteve retorno até a última atualização desta matéria.

Aviso Legal: Comentários e Opiniões

Os comentários e opiniões dos usuários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. O Grupo Cacoal NEWS não endossa nem se responsabiliza por qualquer conteúdo expresso nos comentários, e reserva-se o direito de remover, modificar ou não aprovar comentários que violem nossas políticas editoriais ou que possam ser considerados inadequados.

Postar Comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Cacoal

Colisão fatal deixa comunidade em choque e levanta questões sobre segurança viária na região.

Economia

Descubra se utilizar todo o limite do cartão de crédito realmente resulta em aumento do limite e os riscos financeiros associados a essa prática!

Cacoal

Em seguida, as atividades serão retomadas no rio Pirarara, em Cacoal, e na microbacia do rio Pimenta, em Pimenta Bueno.

Cacoal

O nome da operação, "Vértice", faz referência à sua conexão com a Operação Paralelo da Polícia Federal em 2020, ao identificar novos integrantes do...

Publicidade