Na Mídia

Oi, o que você está procurando?

Policial

PF retira invasores da Terra Indígena Pacaás Novas em Rondônia

pf-retira-invasores-da-terra-indigena-pacaas-novas-em-rondonia

Um dos invasores foi preso em cumprimento a um mandado em aberto

Guajará-Mirim/RO. A Polícia Federal, em conjunto com a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), retirou dois invasores da Terra Indígena Pacaás Novas, em Guajará-Mirim/RO, nesta quinta-feira (29/2).

A partir de informações de que haviam dois foragidos da justiça residindo sem autorização da comunidade indígena na aldeia Sotério, dentro da TI Pacaás Novas, quatro policiais federais e dois servidores da Funai foram mobilizados para averiguar a situação.

A aldeia Sotério, distante cerca de 150 km de Guajará-Mirim, só é acessível por meio dos rios Mamoré e Sotério.

Como não possuíam autorização da comunidade indígena para permanecerem na aldeia, os invasores foram retirados do local.

Durante a abordagem, um deles se apresentou aos policiais com identidade falsa, a fim de evitar sua prisão, pois possuía mandado de prisão contra si expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Guajará-Mirim/RO.

Além do cumprimento do mandado de prisão, foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência  pela prática do crime de falsa identidade. Se condenado, poderá receber pena de até um ano de prisão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia

Aviso Legal: Comentários e Opiniões

Os comentários e opiniões dos usuários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. O Grupo Cacoal NEWS não endossa nem se responsabiliza por qualquer conteúdo expresso nos comentários, e reserva-se o direito de remover, modificar ou não aprovar comentários que violem nossas políticas editoriais ou que possam ser considerados inadequados.

Postar Comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Cacoal

Colisão fatal deixa comunidade em choque e levanta questões sobre segurança viária na região.

Economia

Descubra se utilizar todo o limite do cartão de crédito realmente resulta em aumento do limite e os riscos financeiros associados a essa prática!

Cacoal

Em seguida, as atividades serão retomadas no rio Pirarara, em Cacoal, e na microbacia do rio Pimenta, em Pimenta Bueno.

Cacoal

O nome da operação, "Vértice", faz referência à sua conexão com a Operação Paralelo da Polícia Federal em 2020, ao identificar novos integrantes do...

Publicidade