Na Mídia

Oi, o que você está procurando?

Economia

Estudo da CBIC aponta que R$ 2 trilhões são necessários para resolver déficit habitacional até 2033

A injeção anual de recursos poderia gerar 2,57 milhões de novos empregos por ano e aumentar o Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2,1%.

Recentemente, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) divulgou um estudo alarmante que aponta a necessidade urgente de um investimento colossal de R$ 1,97 trilhão em moradias até 2033 para erradicar completamente o déficit habitacional do Brasil. Esse valor representa um montante anual de aproximadamente R$ 197,5 bilhões, evidenciando a magnitude do desafio habitacional que o país enfrenta.

De acordo com a análise da Cbic, esse investimento massivo é necessário para atender tanto ao déficit habitacional atual, estimado em 6,26 milhões de moradias, quanto à projeção de demanda futura nos próximos 10 anos, que é de 6,59 milhões de unidades. A maior parte dessa demanda concentra-se na Faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), destinada a famílias com renda mensal de até R$ 2.640.

Além de abordar o problema do déficit habitacional, os investimentos propostos teriam um impacto significativo na economia brasileira. A injeção anual de recursos poderia gerar 2,57 milhões de novos empregos por ano e aumentar o Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2,1%.

Entretanto, para eliminar imediatamente o déficit com um único investimento, seria necessário um montante de R$ 961,5 bilhões – uma tarefa difícil, considerando a magnitude desse valor. A diferença entre os recursos necessários e os já anunciados para o programa MCMV no período de 2023 a 2026, que totalizam R$ 394,1 bilhões, destaca um déficit de R$ 567,46 bilhões.

Diante desse cenário desafiador, é fundamental buscar uma abordagem que envolva tanto recursos públicos quanto privados. A parceria entre o governo, o setor privado e instituições financeiras pode ser crucial para captar os fundos necessários. Além disso, o desenvolvimento de novos produtos de financiamento habitacional pode desempenhar um papel fundamental nessa jornada.

Em suma, embora o desafio de resolver o déficit habitacional seja significativo, não é insuperável. Com esforços conjuntos, estratégias inovadoras de financiamento e um compromisso contínuo com as camadas mais necessitadas da população, é possível transformar a realidade habitacional do país e garantir moradia digna para todos.

Da Redação
Cacoal NEWS
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Aviso Legal: Comentários e Opiniões

Os comentários e opiniões dos usuários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. O Grupo Cacoal NEWS não endossa nem se responsabiliza por qualquer conteúdo expresso nos comentários, e reserva-se o direito de remover, modificar ou não aprovar comentários que violem nossas políticas editoriais ou que possam ser considerados inadequados.

Postar Comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Policial

Em Porto Velho, policial ajoelha e agradece a Deus após tiroteio que terminou com a morte de um criminoso. Nenhum policial ficou ferido na...

Cacoal

Queixadas são flagrados passeando nas ruas de Cacoal, surpreendendo moradores. O vídeo do grupo de queixadas viralizou nas redes sociais.

Cacoal

Polícia Militar de Cacoal prende mulher foragida condenada por furto no bairro Vista Alegre.

Geral

Caminhoneiro morre e dois ficam gravemente feridos em colisão na RO 010. Autoridades investigam causas do acidente. Saiba mais.

Publicidade